Ouça agora na Rádio

Ouça agora

8 filmes mais bizarros da Marvel antes do sucesso no Universo Cinematográfico Marvel

Imagem Noticia

Adoro Cinema

Compartilhe agora
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Postado em 19/07/2021 por Sistema Plug

A história da Marvel está repleta de filmes estranhos e com qualidade duvidosa, que não lembram em nada seu Universo Cinematográfico.


O Universo Cinematográfico Marvel se provou um verdadeiro sucesso, elevando ainda mais a popularidade dos super-heróis da Marvel, com atores famosos – como Robert Downey Jr. e Scarlett Johansson – e filmes grandiosos – como Vingadores: Guerra Infinita (2018) e Vingadores: Ultimato (2019) – que conseguiram captar algumas da principais características dos quadrinhos e fizeram com que essas produções fossem respeitadas.


Mas nem sempre as coisas foram um sucesso para a empresa no mundo do cinema, na verdade existem filmes de qualidade duvidosa e que a Marvel gostaria de esquecer que foram feitos. Pensando nisso, o AdoroCinema separou alguns dos filmes mais bizarros da Marvel antes da aclamação que eles conseguiram por causa do Universo Cinematográfico Marvel.

10 filmes inusitados da Marvel que nunca saíram do papel (e você não fazia ideia)

A VOLTA DO INCRÍVEL HULK (1988)



Décadas antes de acompanharmos o ator Mark Ruffalo como Bruce Banner, o Hulk, no Universo Cinematográfico Marvel e o diretor Taika Waititi revigorar o personagem e o Deus do Trovão (Chris Hemsworth) em Thor: Ragnarok (2017), Hulk e Thor se uniram para um filme, no mínimo estrenho, para a TV chamado A Volta do Incrível Hulk, de 1988, que conta com o roteiro de ninguém menos que o quadrinista da Marvel Stan Lee.

Após criar um objeto capaz de controlar as radiações gama, o Dr. David Banner (Bill Bixby) pretende livrar-se da própria radiação e controlar na fera verde em que se transforma, o Hulk (Lou Ferrigno). Porém, a maquina de radiação gama é roubada e a namorada do doutor é sequestrada, fazendo com que ele seja obrigado a contar com o Hulk e com um amigo, Don Blake, que está em posse de um martelo místico que o transforma no viking Thor (Eric Allan Kramer).



HOMEM-ARANHA - O FILME (1977)

Os anos 70 foram difíceis para os quadrinhos da Marvel, especialmente depois que Stan Lee deixou o cargo de editor-chefe, com a empresa passando por substituições e quedas nas vendas. Ainda assim, a empresa se juntou com a CBS para criar Homem-Aranha - O Filme (1977), um telefilme live-action lançado nos cinemas e que serve como piloto para a série de TV The Amazing Spider-Man (1977 - 1979).

Nicholas Hammond assumiu o papel de Peter Parker em uma história verdadeiramente estranha sobre um guru que ameaça fazer os habitantes de Nova York se matarem.

GERAÇÃO X (1996)

Alguns anos antes da Fox acertar em cheio com X-Men - O Filme (2000), eles tentaram adaptar um spin-off da franquia de mutantes, chamado Geração X (1996). A ideia original era de um um piloto para série de TV dirigido por Jack Sholder, mas acabou sendo transmitido como um filme para a televisão.

Um grupo de jovens humanos possui uma variação genética que os confere superpoderes e são mandados para aprenderem a controlá-los em uma escola. Eles frequentemente entram em conflito entre si, mas se unem para tentar derrotar o pérfido cientista Russel Tresh, que é capaz de dominar os sonhos de outras pessoas. Um dos poucos acertos da produção é a presença do Castelo de Hatlet, prédio que é usado em todos os filmes dos X-Men e continua sendo o local da escola de mutantes de Xavier.

DR. MORDRID (1992)



Quando o projeto começou a ideia era adaptar o Doutor Estranho, mas quando os criadores fizeram este filme, sua licença com a Marvel havia expirado e ficamos com o Dr. Mordrid (1992) – uma versão falsificada e excêntrica do personagem.


Ao invés de descartar o projeto, o roteiro foi reescrito para incluir personagens originais não adaptados diretamente da propriedade dos quadrinhos. O personagem principal pode ter sido originalmente chamado de Doutor Mortalis com a arte conceitual inicial de Jack Kirby.DR. ESTRANHO (1978)



Falando nele, antes de Benedict Cumberbatch assumir o papel de Stephen Strange em Doutor Estranho (2016), um telefilme foi lançado em 1978 chamado Dr. Estranho, outra produção que deveria virar uma série de TV estrelada por Peter Hooten, o que nunca aconteceu.


Visualmente bem exagerado, o filme deixa de lado o uniforme clássico do Doutor Estranho. Acompanhamos a história do psiquiatra Dr. Stephen Strange (Peter Hooten), que se torna o novo feiticeiro supremo da Terra para lutar contra uma feiticeira do mal do passado, Morgan LeFay (Jessica Walter).